segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Qual a função do "Maestro na Orquestra"

Do mesmo modo que um piano ou um violino são instrumentos musicais nas mãos do intérprete,a orquestra é um intrumento nas mãos de seu regente.É ele quem decide que obras serão interpretadas,levando-se em conta o nível técnico e as circunstâncias da orquesra,e é o responsável final pela interpretação da obra.A maior parte do trabalho de um regente se dá nos ensaios.

O maestro deve conhecer a fundo as obras que vão ser interpretadas e conseguir que a orquestra faça soar a música tal como ele considera que deva ser,ocupando-se da infinidade de questões que afetam a interpretação musical: tempo,equilíbrio sonoro,matizes de intensidade,expressão,fraseado,coordenação de ataques e finalizações,entre outras.O maestro deve corrigir todos os erros que possam ser cometidos pelos músicos,transmitindo a eles seu entusiasmo pela obra e tendo sempre presente a intenção do compositor.

Tradicionalmente,o regente fica de costas para o público,sobre um pódio,de modo que todos os músicos possam vê-lo.Lidera a orquestra com a batuta na mão direita,estabelecendo com ela o tempo e marcando o compasso.

Com a mão esquerda indica com suficiente antecedência as entradas importantes dos instrumentos e marca os diferentes matizes de intensidade com que deve soar a música.Sua expressão facial e seu olhar são essenciais para sua comunicação com músicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário